Exibidor

Esqueci a senha

Publicidade

Notícias / mercado / América Latina

17 Março 2017 | Vanessa Vieira

Quase metade dos lançamentos mexicanos de 2016 foram pirateados

Apenas os filmes do ano passado foram alvo de mais de 8,5 milhões de downloads

Compartilhar
Cena de "No Manches Frida" (Foto: Pantelion Films)

O Instituto Mexicano de Cinematografía – Imcine divulgou estudo no qual aponta que 44% dos filmes locais lançados em 2016 estão disponíveis ilegalmente na web. Somente esses longas já geraram mais de 8,5 milhões de downloads.

Entre os mais pirateados estão No Manches Frida, que foi baixado mais de 2 milhões de vezes, e Km 31-2, que foi baixado 1,1 milhão de vezes. Quanto à disponibilidade, ¿Qué Culpa Tiene el Niño?, por exemplo, foi encontrado em 28 sites piratas e No Manches Frida em 20 websites. Vale lembrar que em 2016, o cinema mexicano conquistou sua maior bilheteria de todos os tempos

Segundo o Imcine, o problema é ainda pior quando se leva em conta um período maior de tempo. Os 238 lançamentos mexicanos que estrearam entre

[Leia a matéria completa..]

Compartilhar
PublicidadeFechar X