Exibidor

Esqueci a senha

Notícias /mercado / Comportamento

04 Outubro 2017 | Vanessa Vieira

Estudo da Deloitte confirma uso intensivo do mobile pelos brasileiros

Em coletiva, executiva da empresa destacou os smartphones como meio pelo qual as pessoas buscam entretenimento

Compartilhar
(Foto: Exibidor)

Nesta terça-feira (03), a Deloitte, empresa voltada à auditoria e consultoria, divulgou alguns dos principais dados do estudo “Global Mobile Consumer Survey 2017” (Pesquisa global de consumidores em mobile 2017, em tradução livre).

Publicidade fechar X

O evento se deu por meio de uma coletiva de imprensa realizada durante a Futurecom 2017, que acontece entre 2 e 5 de outubro em São Paulo (SP). A convenção é dedicada ao setor de telecomunicações e conta com uma feira de negócios com apoio de mais de 100 marcas, entre elas a NEC.

Segundo Marcia Ogawa, sócia-líder de Tecnologia, Mídia e Telecomunicação (TMT) da Deloitte no País, 2 mil brasileiros foram entrevistados para a pesquisa, que denotaram o poder crescente do mobile, com destaque para smartphones. O estudo aponta que esses celulares foram o produto eletrônico que mais ampliou sua penetração no País, com 7% mais do que no ano passado. 87% dos respondentes tinham um smartphone, em seguida vêm 67% com notebooks (+2%), 58% com desktop (0%) e 44% com tablets (+3%).

Dentro do uso mobile, 33% dos entrevistados usam tanto as redes sociais que as conferem durante a madrugada. Quando levada a pergunta aos mais jovens (de 18 a 24 anos), o percentual pula para 45%. Para comparação, no Reino Unido essa taxa é de 22%. Os itens mais realizados semanalmente nesses smartphones incluem mensagens instantâneas (94%), mídias sociais (89%) e e-mails (82%).

Compartilhamento no Brasil

Atrair pessoas com Wi-Fi

Entretenimento e cinema

[Leia a matéria completa..]

Compartilhar