Exibidor

Publicidade

Notícias /mercado / Evento

23 Junho 2022 | Renata Vomero

Pela 1ª vez presencial em São Paulo, começa hoje nova edição do Russian Film Festival

Evento acontecerá de 23 a 26 de junho no Petra Belas Artes

Compartilhe:

(Foto: Divulgação)

Depois de duas edições online de sucesso no Brasil, chegou a vez do Russian Film Festival – Volta ao Mundo fazer sua primeira edição presencial, que acontecerá em São Paulo, no Petra Belas Artes. Os interessados em cinema russo poderão ver os filmes entre 23 e 26 de junho.



A programação destaca a produção da cinematografia russa contemporânea com ênfase em longas dirigidos por mulheres e um documentário sobre o grande cineasta russo Andrei Tarkovsky, cujo 90º aniversário será celebrado neste ano. Os filmes serão exibidos em russo com legendas em português

Em 2021, quando o Russian Film Festival foi realizado online no Brasil, segundo os resultados do festival, os filmes mais vistos foram dirigidos por mulheres. A escolha desses filmes para o programa do RFF no Brasil e o interesse do público local por eles não é acidental: na América Latina, o tema da liderança feminina é muito relevante: há alguns anos, a região é famosa pelo maior número das mulheres na política; e as mulheres também são bastante ativas em outras áreas de atividades sociais e culturais.

Os organizadores também devem fazer uma versão online do evento na próxima semana.

Programação do Russian Film Festival – Volta ao Mundo inclui:

- Um fôlego (dirigido por Elena Khazanova, 2020) é um drama esportivo baseado na história de vida da “rainha do mergulho livre” Natália Moltchanova. Ela começou a praticar esse esporte radical apenas aos 40 anos, conseguiu estabelecer mais de 40 recordes mundiais, se tornou multicampeã mundial, e fundou a Federação de Freediving na Rússia. Este é o primeiro longa-metragem russo rodado em alto-mar a uma profundidade de 100 metros.

- Quero casar (dirigido por Sonya Karpunina, 2022) é uma comédia romântica sobre uma jornalista que tem tudo conforme o planejado: um trabalho de apresentadora na TV, um noivo rico e bem-sucedido. Porém, o plano se arruína quando um encontro casual desencadeia uma série de eventos que mudam completamente sua vida,

- A Primeira Neve (dirigido por Natália Konchalovskaya, 2021) é uma tragicomédia sobre a relação entre mãe e filha. A obra levanta questões filosóficas e sociais relacionadas não se depender de ideias convencionais sobre o sucesso e felicidade. O filme é a estreia da filha do famoso diretor russo Andrei Konchalovsky, cujos filmes foram indicados ao Oscar três vezes.

- Andrei Tarkovsky. O cinema como oração (dirigido por Andrei Tarkovsky Filho, 2019) é um documentário sobre o grande cineasta russo Andrei Tarkovsky, que teve grande influência na cultura mundial. Esta é uma crônica inédita, na qual o mestre fala sobre arte, espiritualidade e busca criativa. No ano do 90º aniversário do realizador é uma boa oportunidade para redescobrir a sua obra. O filme foi exibido na 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo em 2019, e concorreu na Competição Novos Diretores (indicação de Melhor Filme), e também concorreu ao Prêmio de Melhor Documentário (Clássicos de Veneza) no 76º Festival de Cinema de Veneza.

O Russian Film Festival – Volta ao Mundo é organizado pela ROSKINO com o apoio do Ministério da Cultura da Federação Russa e do Comitê de Turismo de Moscou. O parceiro do festival é o portal de informações turísticas Discover Moscow.

Compartilhe:

  • 0 medalha