Exibidor

Publicidade

Notícias /mercado / Exclusivo

21 Fevereiro 2014 | Redação

Filmes serão lançados às quintas-feiras no Brasil

Exibidores e Distribuidores entram em acordo e filmes estrearão na 5ª, ao invés de 6ª

Compartilhe:

(Foto: Banco de Imagens)

O que já circulava nos bastidores, agora está confirmado oficialmente. Foi anunciado hoje (21/02) pela FENEEC (Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas) que os filmes serão lançados no Brasil todas às quintas-feiras e não mais às sextas, como habitualmente ocorre. A mudança vale oficialmente a partir de 13 de março.



A novidade vem logo depois do Carnaval, com estreias como os brasileiros Alemão (José Belmonte - Downtown/Paris) e Éden (Bruno Safadi - ArtHouse), e os internacionais About Last Night (de Steve Pink - Sony), Need for Speed (de Scott Waugh - Disney), Prenda-Me (Jean-Paul Lilienfeld - Esfera/Vitrine), Refém da Paixão (Jason Reitman - Paramount) e Vampire Academy (Diamond Films). Todos com lançamento já programados na quinta-feira.

A mudança surgiu de conversas entre a FENEEC, Exibidores e Distribuidores ao longo do último ano, precisamente após o último Show de Inverno, em Campos do Jordão (SP).

Segundo a própria Federação só há vantagens com a alteração no calendário. “Hoje a quinta-feira é agitada, animada em várias cidades do Brasil. Mas o público interessado em filmes não encontra novidade neste dia. Agora, o cinema entra também no cardápio de opções da quinta-feira. A mudança pode influenciar positivamente nos resultados de filmes médios nacionais e internacionais, que nem sempre têm verba para uma comunicação pesada antes da estreia. Eles ganham mais um dia de boca a boca”, comenta Paulo Lui, presidente da Federação.

A cine-semana começava na sexta-feira, muito por conta do padrão americano, mas agora o Brasil já tem força econômica para adotar o que melhor se adéqua ao seu mercado. O final de semana praticamente ganha mais um dia tanto para o cliente como para os cinemas. Com isso, os exibidores esperam aumentar a renda da bilheteria, por outro lado, terão que se planejar melhor para que isso aconteça.

“Os exibidores vão ter que trabalhar um dia antes. Se antigamente você fechava a programação na terça, vai ter que fechar na segunda, porém vai ter resultados de quatro dias, então é uma questão operacional mesmo”, explicou Paulo Lui, também proprietário da Lui Cinematográfica.

Além de mudanças para o exibidor e distribuidor, outros segmentos relacionados com a cinematografia também terão que se adaptar. “A principal mudança fora do mercado é que os órgãos de comunicação, os jornais de serviços, etc., vão ter que se adaptar para informar os seus leitores”, alerta Bruno Wainer, da Downtown Filmes.

Márcio Fracarolli, executivo da Paris Filmes, se mostrou entusiasmado com a mudança e alertou que apenas o cliente final tem o poder de dizer se a nova estratégia vai realmente funcionar. “O consumidor é que vai dar para nós a devolutiva se ele quer ou não de quinta, mas o mercado devia fazer a tentativa. Já tivemos períodos com lançamentos de segunda, até a própria quinta e agora por último na sexta. Temos que pensar no processo de ser criativo e ter ideias, não podemos ficar parados”. 

Como a decisão é recente e ainda não havia sido divulgada pela imprensa, a maioria dos exibidores preferiu não se pronunciar.

A Revista Exibidor noticiou o fato com exclusividade total em parceria com a FENEEC. Na próxima edição da Revista Exibidor, você confere uma matéria exclusiva com mais detalhes sobre esta mudança.

Compartilhe:

  • 1 medalha