Exibidor

Publicidade

Notícias /mercado / Top 10 EUA e mundial

02 Março 2020 | Fernanda Mendes

Estreia de "O Homem Invisível" lidera bilheteria mundial e norte-americana

Filme teve orçamento de US$ 7 milhões e arrecadou US$ 49 milhões

Compartilhe:

(Foto: Universal Pictures)

A estreia de O Homem Invisível (Universal) liderou a bilheteria mundial e norte-americana. Como é de praxe das produções do estúdio Blumhouse, o filme teve orçamento baixo (US$ 7 milhões) e arrecadou em sua abertura US$ 49 milhões. As informações são da Comscore.

Publicidade fechar X

Em cartaz em 47 países, o filme liderou no Reino Unido (US$ 2,86 milhões), França (US$ 2,19 milhões), México (US$ 1,8 milhões), entre outros. Protagonizado por Elizabeth Moss, O Homem Invisível ainda chegará em mais 13 territórios nos próximos dias, incluindo Rússia e Japão.

Em segundo lugar na bilheteria internacional está Sonic: O Filme (Paramount) com US$ 42,8 milhões em 62 países, ocupando 75% do mercado internacional. O longa liderou por duas semanas seguidas as bilheterias e agora já acumula US$ 265 milhões de renda.

Aliás, os resultados do filme estão sendo afetados pelo Coronavírus, já que sua estreia na China e Japão teve que ser adiada, sem nova data prevista.

Na terceira posição está O Chamado da Floresta (Disney), protagonizado por Harrison Ford.  O longa arrecadou US$ 24,2 milhões. Os analistas acreditam que o filme precisará arrecadar US$ 250 milhões nos próximos dias, pois, seu custo de produção foi de US$ 135 milhões e, após duas semanas em cartaz, o filme fez até agora US$ 79 milhões mundialmente.

América do Norte

No continente norte-americano, a estreia de O Homem Invisível também liderou a bilheteria com US$ 29 milhões de arrecadação. “A Universal e a Blumhouse lançam de novo outro terror com classificação para maiores de idade com ótima crítica e um roteiro que mistura o clássico e o moderno”, disse o analista sênior da Comscore, Paul Dergarabedian.

Outros longas da Blumhouse que já foram sucesso por lá foram A Morte Te Dá Parabéns (Universal), Sobrenatural: A Última Chave (Sony) e Uma Noite de Crime: Anarquia (H2O Films) que fizeram performances de US$ 55 a 70 milhões na América do Norte. Por isso, as expectativas para O Homem Invisível são as melhores.

Inclusive, por lá, o filme foi avaliado com 90% de aprovação pela audiência no RottenTomatoes.

Outra estreia no continente foi a animação japonesa My Hero Academia: Heroes Rising que abriu com US$ 6,3 milhões de arrecadação em cerca de 1,2 mil complexos de cinema. A estreia é a segunda maior do estúdio FUNimation na América do Norte.

Sonic: O Filme, que está em sua terceira semana em exibição, arrecadou US$ 16 milhões, uma baixa de 39% em relação à semana passada. Domesticamente o longa já acumula US$ 128 milhões, sendo a segunda maior adaptação de game para as telonas, atrás apenas de Lara Croft: Tomb Raider que fez US$ 131 milhões.

O Chamado da Floresta arrecadou US$ 13,2 milhões e caiu para a terceira posição da bilheteria norte-americana. Após dez dias em cartaz, o longa acumula US$ 45,9 milhões.

América Latina

Nos países latinos, a estreia de O Homem Invisível não alcançou a liderança, quem permanece invicto é Sonic: O Filme com 76 mil ingressos vendidos na Argentina, 4,6 mil no Uruguai, 13 mil na Bolívia, 5 mil no Paraguai, 208 mil no Perú e 114 mil no Chile.

Confira o ranking completo:
1 - O Homem Invisível (ESTREIA) (US$ 29.000.000,00) -0 ingressos
2 - Sonic: O Filme (ESTREIA) (US$ 16.000.000,00) -0 ingressos
3 - O Chamado da Floresta (ESTREIA) (US$ 13.205.000,00) -0 ingressos
4 - My Hero Academia - Boku no hîrô akademia THE MOVIE - Heroes: Rising - Hîrôzu: Raijingu (ESTREIA) (US$ 6.300.000,00) -0 ingressos
5 - Bad Boys para Sempre (ESTREIA) (US$ 4.300.000,00) -0 ingressos
6 - Arlequina em Aves de Rapina (ESTREIA) (US$ 4.100.000,00) -0 ingressos
7 - Impractical Jokers: The Movie (US$ 3.500.000,00) -0 ingressos
8 - 1917 (US$ 2.670.000,00) -0 ingressos
9 - Brahms: O Boneco do Mal 2 (ESTREIA) (US$ 2.630.000,00) -0 ingressos
10 - A Ilha da Fantasia (ESTREIA) (US$ 2.330.000,00) -0 ingressos

Fonte: comScore
Veja mais detalhes do Top 10 EUA.

Compartilhe:

  • 0 medalha