Exibidor

Publicidade

Notícias /mercado / Bilheterias

10 Junho 2024 | Redação

"Bad Boys" faz abertura explosiva e lidera bilheterias em todos os cenários

Com uma abertura mundial de mais de US$ 100 milhões, Will Smith e Martin Lawrence não deram chances para a concorrência e fizeram maior abertura da franquia no Brasil

Compartilhe:

(Foto: Divulgação)

Um clássico é um clássico e Bad Boys: Até O Fim (Sony) mostrou toda a sua força em seu final de semana de estreia. Sem encontrar concorrentes a altura, o filme protagonizado por Will Smith e Martin Lawrence fez bonito em sua abertura e liderou, com certa folga, as bilheterias em todos os cenários. Em sua volta às telonas após o polêmico tapa em Chris Rock durante a cerimônia do Oscar, Will Smith conseguiu levar seu novo filme para um primeiro final de semana com renda global acima de US$ 100 milhões. Os dados são da Comscore.

Publicidade fechar X

Com um custo total de US$ 100 milhões, o novo filme precisou de apenas um final de semana para "se pagar". Enquanto no Brasil Bad Boys teve um público mais de três vezes maior do que Planeta dos Macacos: O Reinado (Disney), que foi o segundo filme mais assistido. Além disso, o desempenho foi suficiente para que o filme fizesse a maior abertura de toda a franquia no Brasil. No mercado doméstico a produção conseguiu dar um respiro para os exibidores depois de os Estados Unidos terem amargado o pior final de semana de 2024 no último final de semana. Mas, apesar do bom desempenho de Bad Boys, a venda de ingressos na América do Norte ainda está 26% abaixo das vendas de 2023, no mesmo período do ano.

A abertura de US$ 56 milhões no mercado doméstico, inclusive, fez Bad Boys se aproximar do desempenho do filme anterior, quando Bad Boys Para Sempre (Sony) fez uma abertura de US$ 62 milhões em 2020. No total, durante todo seu período de exibição, o último filme da franquia fez US$ 206 milhões no mercado doméstico e US$ 426 milhões globais.

No Brasil, outros filmes que se destacaram foram Planeta dos Macacos, que superou a marca de 2,5 milhões de espectadores no acumulado, com um total de 2,61 milhões, e as aberturas de Os Observadores (Warner) e Grande Sertão (Downtown/Paris), que voltou a colocar um filme nacional no ranking das maiores bilheterias do final de semana.

Os destaques das bilheterias globais, além de Bad Boys, foram três produções chinesas que figuraram na lista das maiores rendas do final de semana: Be My Friend, Walk The Line, e Crisis Negotiators. Além disso, o francês Un P'tit Truc en Plus figurou pelo quarto final de semana consecutivo na lista das maiores bilheterias mundiais.

Brasil

No Brasil, apesar de os números não colocarem o último final de semana entre os melhores do ano, os exibidores tiveram motivos para sorrir. Embalado sobretudo pelo excelente desempenho de Bad Boys, que levou 480,42 mil espectadores aos cinemas, o público total nos cinemas foi de 1,16 milhão para uma renda de R$ 22,04 milhões.

Com uma boa sustentação, e com um bom desempenho que já dura mais de um mês, Planeta dos Macacos aparece na sequência com um público de 152,62 mil. Os dois filmes, inclusive, foram os únicos que ultrapassaram a marca de 100 mil espectadores durante o final de semana. Fechando o pódio aparece Amigos Imaginários (Paramount), com 94,81 mil.

Outros três filmes de bastante prestígio também fizeram bonito durante o final de semana e levaram bons públicos aos cinemas: Garfield - Fora de Casa (Sony) conseguiu um público de 90,42 mil, Imaculada (Diamond) colocou 89,08 mil pessoas em frente às telonas e Furiosa: Uma Saga Mad Max (Warner) conseguiu levar 81,81 mil espectadores aos cinemas.

A abertura de Os Observadores também desempenhou bem (78,85 mil), e fecham o ranking dos 10 filmes mais assistidos nos cinemas brasileiro Haikyu!! The Dumpster Battle (Sony), com um público de 21,92 mil, Os Estranhos - Capítulo I (Paris Filmes), com 20,63 mil espectadores, e a abertura do brasileiro Grande Sertão, que levou 16,03 mil pessoas aos cinemas.

América do Norte

Na América do Norte, apesar de um ano difícil para os exibidores, ao menos a Sony teve motivos para sorrir ao fazer uma dobradinha no ranking das bilheterias e ser a responsável pelas duas únicas produções que conseguiram ao menos uma renda de US$ 10 milhões. Enquanto Bad Boys faturou US$ 56 milhões, Garfield conseguiu uma renda de US$ 10 milhões. Fechando o pódio dos filmes de maior bilheteria aparece Amigos Imaginários (US$ 8 milhões).

Na sequência, vem a única estreia além de Bad Boys, com Os Observadores conseguindo faturar US$ 7 milhões para superar Planeta dos Macacos, que fez US$ 5,4 milhões, Furiosa, que faturou US$ 4,24 milhões, e O Dublê (Universal) que conseguiu arrecadar US$ 2,7 milhões.

No final do ranking aparecem dois clássicos do cinema que foram reexibidos durante o final de semana: O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel e O Senhor dos Anéis: As Duas Torres, que fizeram respectivamente US$ 2,44 milhões e US$ 1,91 milhão. Fechando os 10 filmes de maior bilheteria durante o final de semana aparece Os Estranhos: Capítulo I, que faturou 1,84 milhão.

Global

As bilheterias globais não apresentaram nenhuma grande surpresa e, além do domínio de Bad Boys, seguido de algumas outras produções hollywoodianas, o destaque ficou por conta do cinema chinês, que conseguiu colocar três de suas produções entre os filmes de maior bilheteria em todo o mundo.

Como dito anteriormente, Bad Boys não encontrou concorrentes à altura e dominou com tranquilidade ao conseguir arrecadar US$ 104,6 milhões. Assim como na América do Norte, no cenário mundial a Sony também conseguiu uma dobradinha com Garfield faturando US$ 25,3 milhões. Completando o pódio aparece Furiosa, que conseguiu arrecadar US$17,94 milhões.

Sem nenhuma outra grande surpresa ou destaque, os demais filmes que completam o ranking são:

  • Amigos Imaginários - US$ 14,2 milhões
  • Planeta dos Macacos - US$ 12,3 milhões
  • Os Observadores - US$ 11,7 milhões
  • Be My Friend (China) - US$ 7,79 milhões
  • Walk The Line (China) - US$ 7,5 milhões
  • Crisis Negotiatores (China/Hong Kong) - US$ 5,58 milhões
  • Un P'tit Truc en Plus (França) - US$ 5,27 milhões

Compartilhe:

  • 0 medalha