Exibidor

Esqueci a senha

Publicidade

Notícias / mercado / América Latina

10 Janeiro 2017 | Fernanda Mendes

Apesar de queda nos ingressos, Argentina tem renda histórica de bilheteria

Dentre os filmes mais assistidos em 2016, as animações dominam o Top 10 local

Compartilhar
"Procurando Dory" foi o longa mais visto na Argentina em 2016 (Foto: Disney-Pixar)

Com um 2016 não tão bom na venda de ingressos, ainda assim, a Argentina conseguiu arrecadar 3,9 bilhões de pesos (US$ 245,8 milhões) no ano passado, apesar da desvalorização da moeda local em relação ao dólar. Um recorde histórico, segundo o INCAA (Instituto Nacional De Cine y Artes Audiovisuales).

Dentre os 48,8 milhões de espectadores no ano passado, 27,5% dos ingressos foram destinados a filmes de animação, de acordo com dados do Ultracine. O gênero dominou o Top 10 de 2016 no país, ocupando as três primeiras posições:  Procurando Dory, que recebeu 3 milhões de espectadores; A Era do Gelo: O Big Bang, que vendeu 2,5 milhões de ingressos; e Pets: A Vida Secreta dos Bichos, com quase 2,4 milhões de entradas vendidas.

Aliás, as animações já são as queridinhas do público desde 2015, quando Minions, da Universal Pictures, vendeu 4,9 milhões de ingressos e se tornou o filme mais visto do ano.

Em relação a 2016, as produções

[Leia a matéria completa..]

Compartilhar
PublicidadeFechar X